Ebook «Marta» à venda na KOBO

terça-feira, 19 de novembro de 2013

...por linhas tortas

Saiu, no passado mês de Outubro, mais uma colectânea da Pastelaria Studios: 7 pecados I e II. Mais uma vez participei, elevando, com esta, para três as minhas colaborações com a Pastelaria Studios no que respeita a contos.


Contribui com «As confissões de Maidenov» para a Corda Bamba, com «Posidon» para Ocultos Buracos e agora, mais recentemente, para 7 Pecados, com «... por linhas tortas».


Abaixo partilho com todos um excerto deste conto.

«A porta estava fechada e não estava ninguém em casa. Mas isso não o surpreendera: ela avisara-o.

Ainda assim, Dionísio, depois de ter espetado o dedo na campainha, deu mais duas pancadas fortes na porta. Suspirou exasperado, ao ver que ela cumprira o que dissera e, antes de virar as costas e começar a descer as escadas do prédio, ainda remoeu algumas asneiradas.

Entrou no Ford Fiesta branco, de dois lugares, sentou-se e marcou o número da Dulce B. no telemóvel. Recostou-se e aguardou que ela atendesse; mas ela não atendeu. E ele, mordendo a língua, deixou uma mensagem atenciosa no voice mail.

Lá fora a noite ameaçava ser fria. Passava pouco das 21h e a maioria os carros estava tão cheio de água como se tivesse acabado de chover; não era uma noite para se passar sozinho numa cama. E não fora isso que planeara: Dulce B. era a companhia agendada; e a ideia dele e ela enfiados numa cama, envolvidos num festim, era suficiente para ficar excitado. Só que a Dulce B. não estava em casa – mais uma vez; faltara ao compromisso – pelo segundo mês consecutivo; e isso, além do irritar, trazia-lhe um problema: onde iria aliviar-se?» in Colectânea 7 Pecados I, ...por linhas tortas, Pastelaria Studios